Análise de Dados

Como ponto de partida, o que é necessariamente um dado? Dado é um fato isolado e que não possui valor entre si, então como analisar algo que não tem valor? Por que perder tempo com algo isolado? 

O que acontece é que um dado sozinho não tem muito significado sozinho realmente, mas quando vários fatos acontecem simultaneamente e por vários canais de comunicação alguma coisa eles estão nos mostrando. Ter a visão certa para olhar esses acontecimentos é o que deixa a análise mais objetiva.

O olhar crítico para os dados é feito a partir de procedimentos testados, testados, testados e aprovados, sim, precisa ser muito criterioso para extrair o melhor dado possível. Com o processamento de dados(formas de processar) nós chegamos no ponto de transformá-lo em informação, quando eles estão organizados e agora tem valor agregado. E essa informação é que vai trazer insights para os seus negócios e tornar suas ações mais efetivas.

Para se fazer a correta análise de dados vamos imaginar o cenário em que queremos montar um quebra-cabeça. Nela, cada peça é um dado isolado, o qual só terá valor quando organizado e arranjado com seus pares para começar a se ver o quebra-cabeças montado.

Agora nos deparamos de frente a um problema recorrente no mercado, e que formula uma questão importante para o quebra-cabeças: que informação eu quero extrair dos dados? Qual valor nós retiramos deles? Essa pergunta tem que ser respondida com precisão, porque senão será só um “brincadeira” de publicações nas redes sociais ou palavras-chave no Google.

Um dos pontos mais importantes para que a sua análise seja otimizada é entender como cada peça de jogo atua. Como exemplo, campanhas de divulgação no Facebook e InstagramGoogle AdwordsSEO e Google Analytics, entre outros, por que em cada um desses canais as peças funcionam de maneira diferente. Entender essas dinâmicas e trabalhar com elas adequadamente vai fazer a montagem das suas estratégias serem mais eficiente e seus resultados serem mais promissores.

Entendido como cada peça funciona, agora é fundamental aprimorar suas estratégias e criar vantagem competitiva, e para isso vamos abordar a peça-chave de qualquer jogo de quebra-cabeças, o consumidor final. O já conhecido conceito de que ele deve estar no centro do negócio não é mais novidade, mas como colocar ele no centro do negócio realmente? Basta só fazer o que todos fazem com publicações em horários programados ou o tagueamento elaborado no Analytics para ter o resultado?

Essa peça é a mais difícil de ser compreendida, até por que elas são complexas, mas todos os seus comportamentos são movidos por intenções e motivos, muitas coisas podem ser medidas e encontrar os seus significados. Por que os sites devem ser responsivos? Por que os consumidores querem ter a experiência no seu smartfone. Por que o sistema de fast food ainda dá tão certo? Por que as pessoas não querem gastar tempo cozinhando ou sentando no restaurante para comer. Podemos formular diversas soluções que dão certo, e a resposta sempre vai começar: por que os consumidores querem…

Nós na eNif acreditamos que a solução para tornar os consumidores o centro da sua empresa é preciso entendê-los com profundidade. Afinal, analisar dados é nada mais do que entender comportamentos que se repetem, e através das nossas pesquisas de mercados nós compreendemos hábitos e as atitudes para atingir os consumidores da maneira mais eficiente.

No jogo de quebra-cabeças nós posicionamos a pesquisa de mercado como “aquela olhadinha” na figura que estamos montando. Essa olhada é feita através das nossas avançadas métricas de pesquisas quali e quanti, aplicação de questionário no consumidor final e uma robusta análise estatística. As pesquisas agregam no seu negócio o que nenhuma outra empresa vai ter, informações que irão dar insights para a sua página e site ter mais visitas, suas campanhas performam melhor e sua empresa vender mais.

Os dados precisam ser processados para gerarem informação, e com a nossa expertise essa informação irá te trazer resultados.